Governo do Maranhão

Governo do Maranhão
Governo do Maranhão

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Prefeitura de Lago da Pedra ´´peita`` a Justiça, não cumpre ordem judicial e "insiste" no retrocesso na educação





Retrocesso é o que define o atual momento na educação de Lago da Pedra. O Município vive uma situação já mais vista.

Após despacho da Justiça, que define 13 horas-aula semanais para professores da rede municipal de ensino, a Prefeitura, através da Secretaria de Educação (SEMED), insiste em 16 aulas, contrariando o que está na lei. Porém, o sindicatos do professores, Simproesemma, voltou a recorrer. Enquanto isso, o dilema continua.

O Município ainda está sujeito a pagar multa por não ter cumprido a determinação dentro do prazo estipulado de sete dias.

O processo afeta o andamento nas escolas e acaba prejudicando os estudantes. Pais, que entendem a situação dos profissionais, se queixam da gestão municipal.

Tentar tirar direitos dos professores, e, em diversas situações, não cumprir com suas obrigações têm sido a tônica do governo Laércio Arruda.

O secretário de Educação, Rodrigo Neto, que também é o vice-prefeito, tem agido como verdadeiro algoz dos professores.

De acordo com informações, alguns diretores, sob incentivo de superiores, estão intimidando professores.

Há quem diga que toda essa briga por parte da Prefeitura é para evitar contratações e, assim, supostamente, economizar dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!