terça-feira, 12 de junho de 2018

Lago da Pedra: professores decidem em assembleia o que será levado à audiência de conciliação




Os professores da rede municipal de Lago da Pedra decidiram, na noite desta terça-feira (12), em assembleia, que aconteceu na Câmara de Vereadores e foi coordenada pela Sinproesemma, que não desistirão da manutenção das 13 horas-aulas de (50min), como estabeleci a Lei Federal nº. 11.738, de 16 de julho de 2008. 

A  Secretaria Municipal de Educação (SEMED) quer impor 16 aulas.

O conflito, que se arrasta há meses, será levado à audiência de conciliação, que foi designada pelo juiz da 1ª Vara, Dr. Marcelo Santana, e que acontecerá na manhã desta quarta (12), às 9h.

Uma comissão, formada por quatro professores, foi escolhida em votação para acompanhar a audiência. As partes ( Executivo e Professores), através de suas respectivas assessorias jurídicas, tentarão chegar a um entendimento.

A categoria se fortalece. Aumentou o número de profissionais que estão dispostos a lutar pelos seus direitos.  




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!