quinta-feira, 21 de junho de 2018

Por determinação da Justiça, Prefeitura de Lago da Pedra devolve dinheiro confiscado dos professores






Os professores da rede municipal de ensino de Lago da Pedra que tiveram descontos nos salários no último pagamento amanheceram hoje, quinta-feira (21), com o dinheiro nas contas.

A Prefeitura, por determinação da Justiça, teve que devolver os valores, que variam entre 250 e 500 reais.

Os descontos, seria um tipo de punição imposta pela Secretaria Municipal de Educação (SEMED) para o profissionais que não aceitaram alteração na jornada de trabalho, que passaria de 13 horas para 16 horas-aulas semanais.

Depois de manifestações e falta de entendimento entre a categoria e a SEMED, na última semana, o juiz da 1ª Vara, Dr. Marcelo Santana, depois de uma audiência de conciliação, estabeleceu a jornada de 14 horas-aulas. 

O Município fez um novo mapeamento, se ajustando a nova realidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!