quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Segunda Pesquisa Ibope: Bolsonaro cai, aumenta rejeição, e Haddad cresce




A pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (23) aponta um aumento na rejeição a Jair Bolsonaro (PSL) e queda no mesmo índice para Fernando Haddad (PT) na comparação com o levantamento feito no dia 15. Segundo o Ibope, 40% dos entrevistados disseram que não votariam em Bolsonaro de jeito nenhum, contra 35% na pesquisa anterior. No caso de Haddad, a rejeição que era de 47% caiu para 41%. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Houve mudanças também nos percentuais de certeza de voto. No dia 15, 41% disseram que votariam com certeza em Bolsonaro. Agora, são 37%. Para Haddad, o índice foi de 28% para 31%. As oscilações estão dentro da margem de erro.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 57%

Fernando Haddad (PT): 43%

Na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 59% e Haddad, 41% dos votos válidos.

A pesquisa Ibope foi feita entre os dias 22 e 23 de outubro com 3.010 entrevistados em todo o Brasil. O levantamento foi contratado pelo jornal "O Estado de S. Paulo" e a TV Globo, e registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-07272/2018.

O intervalo de confiança da pesquisa é de 95%. Segundo o Ibope, isso significa que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!