quinta-feira, 28 de março de 2019

Defensoria e Governo seguem com vistorias em áreas de risco atingidas pelas chuvas



Cadastro de famílias prejudicadas pelas fortes chuvas (Foto: Jasf)

Governo do Maranhão, por meio da Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), participou da força-tarefa emergencial promovida pela Defensoria Pública do Estado, nesta terça-feira (26), na Rua São Luís, no bairro Sacavém. As famílias vítimas dos estragos causados pelas fortes chuvas na capital foram atendidas e orientadas sobre os procedimentos necessários para reparação e políticas públicas necessárias que auxiliem os residentes prejudicados.

Desde o domingo, o governador Flávio Dino e demais órgãos estão trabalhando com ações emergenciais que minimizem danos derivados das fortes chuvas nos quatro municípios da Grande Ilha. Um forte aparato foi empenhado para que pudéssemos atender às ocorrências para prestar apoio e também orientações. As famílias atingidas receberão todo o suporte assistencial”, explicou o secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano do Maranhão, Rubens Pereira Júnior.

Na Rua São Luís, Sacavém, onde ocorreu obstrução de canais e deslizamento de casas, cerca de 14 famílias foram atingidas. A coordenadora social da Secid, Cristiane Vasconcelos Bacelar, esclareceu à comunidade que a Secretaria das Cidades irá contribuir com a recuperação habitacional, aluguel social em parceria com a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), e o Programa Cheque Minha Casa, que será concebido em caráter emergencial e indenizatório para pessoas que tiveram as casas avariadas.

A defensora pública do Núcleo de Moradia, Cristiane Marques salientou que o objetivo da ação promovida pela Defensoria do Maranhão no bairro Sacavém foi garantir que os moradores tenham acesso aos seus direitos. “Esse contato próximo com a comunidade é essencial, conhecendo as áreas atingidas. Assim, avaliamos mais rápido o que é prioridade, bem como orientamos quanto a direitos que eles têm. Do mesmo modo, a ação visou promover o contato entre os órgãos responsáveis e oferecer uma resposta conjunta para comunidade”, disse.


O presidente da União dos Moradores do bairro do Sacavém, Daniel Almeida, viu como positiva a ação promovida pela Defensoria Pública do Estado e os órgãos municipais e estaduais. “Estamos confiantes que teremos resultados positivos a essas famílias. Eu vejo que todos estão comprometidos e buscando garantir moradia digna às famílias prejudicadas”, disse.

Outras equipes do Governo do Maranhão também monitoraram outros imóveis que correm risco de desabamento, vistoriando pontos de risco e tomando providências para atenuar os problemas. “Tanto a Secretaria das Cidades quanto a Secretaria da Cultura vão vistoriar todos os prédios que têm algum risco de desabamento, juntamente com a Defesa Civil e a Prefeitura de São Luís, para fazer esse mapeamento e garantir segurança para evitar qualquer perda do patrimônio histórico e cultural”, acrescentou Rubens Jr.

Além da Defensoria Pública do Estado, Secid e Semcas, também estiveram presentes a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), Agência Executiva Metropolitana (AGEM), Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

Orientações

A população deve estar atenta à variação na paisagem urbana, como a inclinação de uma árvore ou poste, que pode representar um indicativo de futuro desmoronamento. Há ainda a orientação para que, durante tempestades, a população evite trafegar nas ruas e não se exponha em áreas abertas para evitar descargas atmosféricas, por exemplo. Em caso de ocorrências, a recomendação é o contato direto pelo telefone 193 ou pelo 3214-3801.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!