sábado, 9 de março de 2019

Preso após se envolver em confusão, deputado Fábio Macedo teria ameaçado policiais




O deputado estadual do Maranhão, Fábio Macedo, foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina na madrugada deste sábado (9) acusado de agredir um músico da banda Léo Cachorrão em uma casa de shows da capital.

Segundo informações obtidas pelo GP1, o deputado se envolveu em uma briga em uma casa de shows localizada na Avenida Nossa Senhora de Fátima. Ao ser retirado do local, a Polícia Militar foi acionada e o deputado teria reagido a ação, precisando ser algemado para ser contido.

Em um áudio (supostamente) gravado no momento de sua prisão, é possível ouvir o deputado estadual alterado e ameaçando os policiais militares que questionam se ele é deputado. “Sou deputado estadual, sou nada não. Reeleito [...] Eu não fiz nada. Vocês me prenderam. Eu nem trisquei nele (policial)”, disse o deputado.

O parlamentar então decidiu fazer ameças de morte a um policial. “Depois eu te pego. Eu sou deputado, sou rico. Eu mando te matar vagabundo. Vou te pegar. Eu te mato. Eu sou Fábio Macedo”, disse o deputado em um áudio gravado e que foi divulgado no aplicativo de mensagens WhatsApp.

Depoimentos

Na Central de Flagrantes de Teresina, o homem agredido pelo deputado, prestou depoimento. Ele é um músico profissional, que informou que por volta das 3h40 estava trabalhando na casa de shows, quando o deputado teria se irritado com o cantor Léo Cachorrão que se apresentava no local.

Léo Cachorrão deixou o deputado cantar uma música, mas quando o parlamentar pediu para cantar novamente, o artista não teria deixado. O deputado teria então arremessado ao palco um copo em direção a Léo Cachorrão, mas acabou atingido a parte frontal da cabeça do outro músico, provocando um ferimento. A vítima foi levada ao Hospital do Buenos Aires onde recebeu os primeiros socorros e depois foi prestar depoimento na Central de Flagrantes.

Já o deputado prestou depoimento e depois foi liberado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!