sexta-feira, 24 de maio de 2019

Maranhão apresenta modelo de gestão hospitalar em evento no Rio Grande do Norte


Secretário Carlos Lula apresentou o modelo de gestão das unidades de saúde da Emserh, em vigor desde 2015 (Foto: Divulgação)



A experiência da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) foi destaque no seminário “Modelos de Gestão de Serviços de Saúde”, na cidade de Natal (RN), nesta quinta-feira (23). O evento foi realizado pela Secretaria de Saúde Pública (Sesap) do Rio Grande do Norte.

Convidado, o secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, apresentou o modelo de gestão das unidades de saúde da Emserh, em vigor desde 2015. “Todo modelo tem suas virtudes e seus defeitos, mas nosso papel aqui é apresentar uma alternativa viável à gestão pública de saúde e, principalmente, que atenda às necessidades da população”, ressaltou.

No Maranhão, a Emserh administra 70% das unidades de saúde da rede estadual e conta com mais de quatro mil funcionários. Recentemente, o governador Flávio Dino entregou o novo Centro de Reabilitação da Cidade Operária, que passou a ser administrado pela Empresa.

Segundo o secretário da Sesap, Cipriano Maia, o modelo Emserh pode ser uma alternativa viável para a atual gestão. “A experiência do Maranhão é inovadora na gestão pública hospitalar. Este modelo enriquece o nosso debate que objetiva superar os gargalos da gestão pública na administração direta, pensando alternativas de gestão sem que percamos a diretriz da prioridade do público e da gestão pública”, disse.

O evento conta com o apoio do Banco Mundial e serão compartilhadas, ainda, as experiências dos estados do Ceará e Goiás, com o Modelo de Consórcios e Serviço Social Autônomo, respectivamente. Servidores de áreas estratégicas da Sesap, da Semus de Natal e representantes de órgãos de Justiça participam do seminário que acontece até esta sexta-feira (24).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!