quinta-feira, 6 de junho de 2019

Cabeleireiro é executado em Lago do Junco



Osvan


A pacata cidade de Lago do Junco, que fica na Região do Médio Mearim, a cerca de 300 quilômetros da Capital, está chocada com o crime ocorrido na manhã desta quinta-feira (6).

O cabeleireiro Osvan  Borges da Silva, conhecido como ´´Neném``, de 38 anos, foi executado enquanto trabalha em seu salão, no Centro. O criminoso, ainda não identificado, teria se passado por cliente, alegando que iria cortar o cabelo. Segundo informações, o assassino, frio e calculista, aguardou que a vítima atendesse outro cliente. Quando a outra pessoa saiu do local, o suspeito executou o cabeleireiro com três tiros, dois na barriga e um na testa. 

Ainda de acordo com informações, mais cedo, em uma moto modelo Bros, de cor Branca, o mesmo homem teria rondado o local, entretanto, o salão se encontrava fechado.

As características são de crime de encomenda.

Além de cabeleireiro, Neném era muito conhecido na cidade também  por suas participações na política local. Ele chegou a se lançar candidato a vereador nas eleições de 2016, porém, não conseguiu êxito. 

Neném deixa esposa e filhos.

A polícia investiga o caso. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!