terça-feira, 3 de setembro de 2019

Carlos Brandão apresenta a ministros projetos para preservar e desenvolver Amazônia




O vice-governador Carlos Brandão participou, nesta segunda-feira (02), de reunião, em Belém (PA), com ministros e secretários do governo federal para discutir soluções e propostas para a Amazônia. O encontro é desdobramento da reunião feita na semana passada com o presidente Jair Bolsonaro.

Brandão levou proposta do Governo do Maranhão para combater as queimadas e desenvolver a região. “A solução passa pelo Fundo Amazônia e o fundo da Petrobras; são duas fontes de receita para que a gente possa executar esses planos”, afirmou o vice-governador. O Fundo Amazônia já existe e tem cerca de R$ 800 milhões. Já o fundo Petrobras ainda não tem destino certo. Ele é composto por recursos recuperados na operação Lava Jato.

De acordo com Brandão, essas duas fontes de receita poderiam viabilizar os projetos apresentados. “Eles têm como finalidade, principalmente, a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável. É perfeitamente possível preservar a Amazônia e gerar emprego e renda.

Estiveram presentes na reunião, desta segunda-feira, todos os Estados que compõem a Amazônia Oriental (Maranhão, Amapá, Pará, Mato Grosso e Tocantins). Entre os ministros participantes, estiveram Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Tereza Cristina (Agricultura).

Combate às queimadas

O secretário da Casa Civil do Maranhão, Marcelo Tavares, também, esteve na reunião e disse que os Estados da região têm uma pauta convergente em relação ao problema das queimadas na Amazônia.

A pauta inclui apoio e reforço do governo federal em relação à regularização fundiária, que é um tema que atinge todos os Estados; a remuneração ambiental, em que as famílias de baixa renda poderão ser remuneradas pelo trabalho de guarda ambiental e até de recuperação ambiental; e o fortalecimento da estrutura de cada Estado em relação ao combate às queimadas, como renovação e aumento da frota dos bombeiros”, disse o secretário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!