quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Com imagem arranhada, prefeito de Lago da Pedra tenta ´´conciliação`` com professores da rede municipal de ensino



Imagem: Reprodução


Como dizia Maquiavel: ´´tenha o povo ao seu lado``. Frase bem sugestiva. É isto que o prefeito de Lago da Pedra, Laércio Arruda, em razão da baixa popularidade, está tentando.

Na tarde desta terça-feira, 10, Laércio Arruda se reuniu com os professores efetivos da rede municipal de ensino, para anunciar a readequação da carga horária dos profissionais, que voltará às 13 horas/aula semanais, de 50 minutos cada.

No ano passado, os professores e o prefeito, representado pelo então secretário de Educação e vice-prefeito, Rodrigo Neto, travaram uma briga que acabou sendo judicializada. A Secretaria de Educação exigia que a carga horária passasse de 13 horas/aula para 16 horas/aula.

Por meio de uma audiência de conciliação, o juiz da 1ª Vara da Comarca de Lago da Pedra, Dr. Marcelo Santana, estabeleceu 14 horas/aula semanais ( de 53 minutos).

O prefeito, que tentará a difícil missão da reeleição, no processo eleitoral do próximo ano, também não pagou o reajuste do piso referente ao ano de 2018, o que arranhou ainda mais sua imagem perante à categoria. Ele deve ter assimilado o ´´tiro no pé``.

A secretária de Educação, Ana Selma, também participou da reunião de ontem, que aconteceu no auditório da Secretaria de Educação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!