quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Governo do Estado entrega 132° CRAS em Vitorino Freire






Dando continuidade às inaugurações dos equipamentos de assistência social no Maranhão, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), entregou à população de Vitorino Freire, o 132° Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Maranhão.

O secretário Márcio Honaiser, explicou que o equipamento é o principal acesso às políticas socioassistenciais federais e estaduais. “Inauguramos o 132° CRAS para que a população possa conhecer e ser beneficiada pelas políticas de assistência social, que garantem dignidade de vida. Aqui é feito a atualização do Cadastro Único, para que essas pessoas tenham acesso aos programas como o Bolsa Família, Bolsa Escola, Tarifa Social, dentre outros”, explicou o secretário.

O CRAS facilita o acesso de famílias e indivíduos, em situação de vulnerabilidade, às políticas públicas de assistência social. Além disso, garante a participação em programas federais e estaduais, através da inscrição do Cadastro Único (CadÚnico), serviços como o de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif) e o de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

A prefeita de Vitorino Freire, Luana Rezende, agradeceu ao governador Flávio Dino pela obra que beneficiará as famílias que estão em situação de vulnerabilidade social.

O CRAS é um equipamento de extrema importância para as pessoas que mais precisam, que dependem dos programas sociais para terem dignidade de vida. São idosos, crianças, gestantes e várias pessoas que diariamente são atendidas com diversos serviços e precisam de um espaço amplo e confortável para serem recebidos”, disse a prefeita.

Cerca de 216 famílias são atendidas no CRAS de Vitorino Freire. Com um recurso da ordem de R$ 435 mil reais, o equipamento será entregue à gestão municipal totalmente mobiliado pelo Estado.

A usuária Pedrolina Machado, de 67 anos, participa do grupo de idosos e adorou o novo espaço. “O prédio antigo era uma casa alugada e pequena para o nosso grupo. Aqui, vamos cantar, dançar, fazer as nossas atividades de grupo, sem a preocupação com o espaço. Gostei muito daqui, estão todos de parabéns”, disse Pedrolina.

O centro é destinado a famílias e indivíduos em situação de grave desproteção, pessoas com deficiência, idosos, crianças retiradas do trabalho infantil, pessoas inseridas no Cadastro Único, beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!