segunda-feira, 20 de julho de 2020

Defensoria Pública divulga nota reforçando repúdio à homofobia praticada por vereador em Lago da Pedra

Diante do caso de insinuações homofóbicas promovidas pelo vereador de oposição Julyfran Catingueiro, em grupo da rede social ´´WhatsApp``,  onde ele fez referências ao filho do prefeito Laércio Arruda, neste domingo (19), a Defensoria Pública, por meio dos defensores Vinícius Jerônimo e Túlio Licínio, divulgou uma nota de repúdio enfatizando seu posicionamento em relação ao assunto.


Na última sexta-feira,17, acompanhada de manifestantes, a primeira-dama, Cleidiane Arruda, com o suporte de um carro de som, manifestou sua indignação em frente à Câmara Municipal, após o encerramento da sessão. Cleidiane, enfatizava: ´´homofobia é crime``. O caso ainda repercute na cidade.


De acordo com Cleidiane, o caso será levado à Justiça.


Cleidiane Arruda
Cleidiane Arruda


Leia a nota






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Walney Batista. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, preconceituosos, ou que incitem o ódio e a violência.
Obrigado por nos acompanhar!